Redes da Deep Web: #18 – Resilio

Olá, caro desbravador da vastidão que é a Deep Web. Seja bem-vindo à mais um artigo da série Redes da Deep Web. E no artigo de hoje, venho lhes trazer um resumo sobre a rede Resilio. Mas antes de mais nada, dê uma olhada no nosso vídeo sobre essa rede, depois leia o que pensamos sobre 😀

 

Introdução

Se você já viu nosso artigo sobre a rede Infinit, perceberá grande afinidade entre essas duas redes, bem como alguns pontos muitos parecidos entre elas. Assim como a rede anteriormente citada, a Resilio não é baseada em navegador, nem mesmo em ‘aplicação’ no contexto de visualização de conteúdo no front-end do software. O ponto chave da Resilio é o compartilhamento de arquivos de forma peer to peer. Eu sei eu sei, falar que algo é peer to peer nos dias atuais onde os arquivos passam por servidores centrais (ISP’s) é uma questão complexa, porém, a Resilio implementa isso de forma muito fiel, tanto é que, se a transferência de arquivos ocorre dentro de uma LAN, os arquivos não percorrem a internet, apenas percorrem seus concentradores de rede (a.k.a. roteadores/hubs/switchs).

Funcionalidades

Armazenamento

Pouco antes de baixar pra fazer a instalação do cliente dessa rede, me espantei com a quantidade de builds que o software tem, embora não seja open source, a equipe oficial do projeto portou o software para 24 arquiteturas, ou seja, na totalidade ele possui 25 builds, contanto mesmo com build para tablets da amazon, arquiteturas ARM e para dispositivos com tecnologia NAS.

Simplicidade de uso

A rede resílio é extremamente intuitiva, além de ter tudo que você precisa saber escrito na navegação pelo software/Web UI, ele simplifica processos que normalmente podem ser muito demorados, como possuir uma cloud pessoal ilimitada, e sem custo (dependendo do plano que quiser). E além de poder ter uma nuvem de arquivos facilmente, ela fica disponível para todos* os dispositivos, independente de sua plataforma.

Criptografia

Os arquivos ficam criptografados com chaves complexas e seguras, além do software ser de código fechado, que é bom no ponto de ser seguro na questão de obscuridade.

Envio de grandes arquivos

Como dito anteriormente, os arquivos a serem enviados não tem tamanho máximo, o que lhe permite fazer envios mega-ultra-blaster-big-brogher gigantes. e.g 1TB

Acesso à rede de qualquer dispositivo já conectado

Tendo como base a internet e o p2p, podendo criar uma nuvem, isso possibilita que o usuário acesse os arquivos de onde estiver, mesmo com 3G no seu celular de outro país, os arquivos ainda estarão disponíveis.

 

Prós e Contras

Prós:

  • Fidelidade ao real p2p;
  • Envio de arquivos sem limite de tamanho;
  • Cross-platform imenso;
  • Simplicidade;
  • Intuitivo;
  • Seguro;
  • Profissional.

Contras:

  • Profissionalismo ‘de mais’ – É empresa, possui planos pagos pra liberar todos os recursos.

Ahhhh :(

Nosso site tem anúncios que ajudam a manter o serviço online e a informação disponível para todos.

Por favor, se possível, desative o AdBlock enquanto estiver aqui com a gente, ok? <3

Muito obrigado!

AdBlock detectado!

Ahhhh :(

Nosso site tem anúncios que ajudam a manter o serviço online e a informação disponível para todos.

Por favor, se possível, desative o AdBlock enquanto estiver aqui com a gente, ok? <3

Muito obrigado!